ambulatorio is not a valid taxonomy for this post

Raios X (radiografia)

Médico olhando para uma radiografia (raios X)

O exame de raios X ou radiografia é um exame solicitado frequentemente para investigar fraturas, problemas pulmonares e outras condições. Conheça os cuidados.

 

O exame de raios X ou radiografia é um exame de imagem não invasivo muito popular, que ajuda no diagnóstico de fraturas e doenças com o uso de radiação atravessa órgãos e tecidos e cria imagens da região de interesse.

Veja também: Artigo do dr. Drauzio sobre a irradiação dos exames de imagem

 

Para que servem os raios x

 

Os tecidos do corpo humano têm diferentes densidades que irão determinar a imagem da radiografia. Os raios X não conseguem atravessar os ossos, então eles aparecem brancos na imagem. Já estruturas moles e preenchidas por ar como os pulmões, que os raios X conseguem atravessar, aparecem pretos. 

Os raios X são muito usados para identificar fraturas nos ossos e para diagnosticar doenças em tecidos moles, como no aparelho gastroesofágico (um exemplo é o refluxo gastroesofágico) e nos pulmões. O pulmão de pessoas que têm pneumonia ou derrame pleural, por exemplo, aparecem com manchas esbranquiçadas. Dessa forma, radiologistas treinados conseguem analisar as características da imagem e fazer diagnósticos e solicitar exames complementares para prosseguir em uma investigação clínica.

O raio X também é útil para investigar suspeitas de câncer. A mamografia, inclusive, não deixa de ser uma radiografia, pois também usa os raios X de forma específica para diagnosticar distúrbios da mama, principalmente o câncer de mama.

 

Quando e quem deve fazer exame de raios X

 

O exame de raios X não é feito de rotina. Ele é solicitado pelo médico (ou dentista, no caso de radiografia odontológica) conforme a necessidade do paciente. É frequentemente requisitado em casos de quedas, para mostrar se houve alguma fratura, ou para investigar doenças diversas, principalmente gástricas e pulmonares.

Assim como a tomografia, a radiografia também utiliza radiação ionizante. Logo, o exame é contraindicado para gestantes. Informe ao médico se houver suspeita de gravidez.

 

Como é o preparo para o exame de raios X

 

Na maioria das vezes, não é necessário nenhum preparo. Porém, em alguns casos de análise do aparelho digestório, pode ser solicitado que o paciente faça jejum por 10 horas. Em certas situações, assim como acontece no exame de tomografia, o paciente pode precisar ingerir contraste (substância que permite uma melhor visualização dos tecidos).

Dependendo da região do corpo que será examinada, é preciso retirar objetos como relógios, brincos ou correntes, pois tais materiais interferem na passagem da radiação, o que pode prejudicar a qualidade da imagem.

 

Como é o exame de raios X

 

O exame de radiografia pode ser feito em diversas partes do corpo, como tornozelo, punhos, face, tórax, abdômen e coluna. Dependendo da parte do corpo em que o exame será feito, o paciente pode ficar deitado em uma maca ou em pé, enquanto o aparelho de radiografia foca na região que será examinada. É preciso ficar imóvel para que a imagem não saia borrada. Durante o exame de raios X de tórax, por exemplo, o técnico de radiologia pode solicitar que você prenda a respiração por alguns instantes para que o movimento não “borre” a imagem.

Embora a quantidade de radiação seja considerada pequena, dependendo da região examinada o paciente pode ser orientado para vestir um colete protetor de chumbo que protege áreas que não devem ser irradiadas.

Em geral, os resultados são impressos rapidamente, apenas alguns minutos após o exame. A radiografia não causa nenhum tipo de dor ou desconforto físico.

 

Como é o pós da radiografia

 

Não é necessário nenhum cuidado específico após a realização da radiografia.

 

Tem no SUS?

 

Sim, a radiografia é oferecida no Sistema Único de Saúde (SUS) e coberta pela maioria dos planos de saúde.

 

Vídeo: Veja como é feito um exame de raios X do aparelho digestório

Sobre o autor: Maiara Ribeiro

Maiara Ribeiro é jornalista, repórter do Portal Drauzio Varella e interessada em temas relacionados a saúde da mulher e deficiências na infância.

Leia mais