A infecção pelo chato (pediculose pubiana) ocorre principalmente por via sexual; o principal sintoma é a coceira.

 

Chato (Pthirus pubis) é o parasita que causa pediculose pubiana ou ftiríase e habita os pelos da região pubiana principalmente, mas pode ainda ser encontrado nas coxas, baixo tórax, axilas e até na barba e no couro cabeludo.

Assim como o piolho do cabelo, o chato aloja-se na base dos pelos, onde deposita seus ovos. Após a infestação, os sintomas aparecem entre uma e duas semanas. A transmissão é feita através do contato íntimo, ou de roupas de uso pessoal, roupas de cama e de toalhas.

 

Veja também: Infecções parasitárias da pele

 

Sintomas

 

Os sintomas da pediculose pubiana, uma infecção sexualmente transmissível (IST), têm início de uma a duas semanas após o contato com o parasita. A principal queixa é a coceira. Nos locais da picada, podem ocorrer alterações da pele semelhantes à urticária, bolhas e manchas azuladas.

A única forma de evitar o chato é impedir o contato com os piolhos e a fixação das lêndeas.

 

Diagnóstico e Prevenção do chato

 

O diagnóstico de chato pode ser feito pela observação dos piolhos e das lêndeas na base dos pelos e da presença de parasitas na pele da região afetada.

A única forma de evitar a pediculose pubiana é impedir o contato com os piolhos e a fixação das lêndeas.

 

Tratamento

 

Os medicamentos usados para a combater a pediculose pubiana devem ser aplicados nas áreas afetadas (púbis, coxas, tronco, axilas etc.) duas vezes seguidas e depois de sete dias novamente. A aplicação deve ser feita localmente e repetida entre sete e dez dias depois, para combater os ovos que ainda não haviam eclodido.

O objetivo da primeira aplicação é eliminar os insetos adultos; o da segunda é acabar com aqueles que ainda não haviam eclodido na primeira aplicação.

Quem vive na mesma casa do portador de chato deve receber tratamento preventivo.

 

Recomendações

 

  • Troque de roupas diariamente. Faça o mesmo com a roupa de cama e de banho todos os dias;
  • Lave as roupas em água quente ou mande lavá-las a seco se não puderem ser imersas em água;
  • Procure certificar-se de que todas as pessoas da família estão tomando os mesmos cuidados;
  • Não se esqueça de repetir a aplicação do remédio sete dias depois da primeira aplicação para garantir que o carrapato do chato seja eliminado.