A orelha externa é formada pelo pavilhão auricular (parte visível da orelha com a função de captar e canalizar o som) e pelo meato acústico externo.

 

Orelha é o nome das estruturas que compõem o sistema auditivo. Localizada na região temporal do crânio, divide-se entre orelha externa, média e interna.É responsável pela função auditiva e pelo equilíbrio.

 

Orelha externa

 

A orelha externa é formada pelo pavilhão auricular e pelo meato acústico externo. A primeira parte, o pavilhão auricular, é o apêndice situado lateralmente na cabeça, a parte visível da orelha. É formada por uma cartilagem flexível e irregular (exceto o lóbulo), recoberta de pele. Sua função principal é captar e canalizar o som, conduzindo-o para a orelha média.

 

Veja também: Entenda a otite externa, a conhecida dor de ouvido

 

O pavilhão se divide em: hélice, escafa, ramos da antélice, tubérculo da orelha (de Darwin), antélice, concha da orelha, lóbulo da orelha, antitrago, incisura intertrágica, trago, meato acústico externo e ramo da hélice (ver foto).

O meato acústico externo tem a função de conduzir os sons captados pela orelha para o tímpano. É um canal cujo 1/3 é composto de cartilagem e 2/3 estão dentro do osso temporal. Possui uma abertura para o exterior e é fechado no interior pela membrana timpânica, que tem formato de cone, separa a orelha externa da orelha média e é fixada no conduto auditivo externo pelo anel timpânico.

 

Veja também: Otite externa

 

Sua porção cartilaginosa é revestida por pelos e glândulas que produzem uma substância amarelada e gordurosa, a cera ou cerume. Ambos evitam que poeiras e micro-organismos entrem nos ouvidos.