Além de ser uma doença pouco entendida pela população, há muita dificuldade entre pais sobre como diagnosticar o autismo na infância. Veja na entrevista.

 

Apesar de o autismo não ter cura, quanto antes for diagnosticado, melhor. Crianças convenientemente tratadas podem desenvolver habilidades fundamentais para sua reabilitação. O problema é que, muitas vezes, os pais se recusam a admitir que o filho tem algumas características que requerem atenção especial e não procuram ajuda.