Dor e inflamação são os principais indicativos de bursite; alguns casos podem exigir cirurgia.

 

Bursite é a inflamação da bursa, pequena bolsa contendo líquido que envolve as articulações e funciona como amortecedor entre ossos, tendões e tecidos musculares. A bursite ocorre principalmente nos ombros, cotovelos e joelhos.

 

Sintomas

 

Os sintomas mais comuns da bursite são:

  • Dor;
  • Edema (inchaço);
  • Inflamação;
  • Restrição de movimento.

 

Causas

 

Entre as causas da bursite destacam-se:

  • Traumatismos;
  • Infecções;
  • Lesões por esforço;
  • Uso excessivo das articulações;
  • Movimentos repetitivo;
  • Artrite (inflamação das articulações);
  • Gota (depósito de cristais de ácido úrico nas articulações).

 

Tratamento

 

O tratamento deve ser feito sob orientação médica e inclui o uso de anti-inflamatórios, relaxantes musculares, aplicações de gelo e redução dos movimentos na área afetada. Exercícios fisioterápicos podem ajudar, desde que orientados por profissionais especializados. Casos mais graves podem exigir intervenção cirúrgica.

 

Recomendações

 

  • Não se automedique. Analgésicos podem ser contraindicados para mulheres grávidas e pessoas com histórico de úlcera;
  • Deixe a área afetada descansar o máximo possível;
  • Faça aplicações de gelo no local;
  • Procure descobrir as atividades que disparam o processo inflamatório e evite-as;
  • Faça exercícios de alongamento, fortalecimento muscular e dos tendões ou fisioterapia apenas sob a orientação de um profissional especializado.

 

Advertência: Bursite x Problemas cardíacos

 

Pressão no peito e dor que se reflete pelos braços e costas podem ser indicativas de um problema cardíaco, e não de bursite. Procure assistência médica para diagnóstico e tratamento, se necessário.