Existem mais de 40 causas para o mau hálito, a maioria com origem na própria boca. 

 

O mau hálito (halitose) é um problema que pode provocar constrangimento, visto que muitas vezes o paciente não sente o odor. A periodontista Rosileine Uliana esclarece dúvidas enviadas pelo nosso público.

O que causa mau hálito? De que forma tratar?

O mau hálito tem mais de 40 causas e a maioria é de origem bucal: saburra lingual (uma massinha branca que se encontra depositada no dorso posterior, lá no fundo da língua), gengivite e doenças periodontais.

O tratamento principal é fazer a raspagem correta da língua com um raspador, de trás para frente, removendo toda a saburra lingual; usar corretamente o fio dental no sulco gengival, evitando as doenças periodontais; e o encaminhamento para um dentista especializado no assunto.

Terminei um relacionamento porque ele tinha mau hálito e é horrível. Mesmo escovando os dentes o cheiro não sumia. Tenho dó. Será que é algum problema estomacal?

As causas estomacais são 1%, o estômago não é a grande causa do mau hálito, isso é mito. A não ser que se passe muito tempo sem se alimentar, o que faz com que determinadas substâncias sejam utilizadas para repor energia e acabem exalando cheiro ruim.

Portanto, é importante procurar ajuda profissional. Existe tratamento para esses quadros.

 

Veja também: Na maior parte dos casos, culpa do mau hálito não é do estômago

 

Pode ter alguma relação com o emocional (estresse, ansiedade etc)?

Sim, pois o estresse reduz a quantidade de saliva, que faz a lavagem fisiológica da boca e elimina as bactérias estagnadas que produzem o mau odor.

É verdade que a pessoa que tem mau hálito não sente o odor? Se sim, por que isso acontece? Se ninguém fala sobre mau hálito, como posso saber se tenho?

Nós temos a fadiga olfatória, ou seja, a pessoa que tem mau hálito constante não percebe seu odor. É como se fosse o nosso perfume diário, ou da casa: nós estamos acostumados com o odor.

Com o mau hálito é a mesma coisa, o olfato se cansa de perceber aquele odor e falha na percepção, então é necessário um confidente (um amigo, familiar ou filho) que fale, ou então que você se sinta à vontade para perguntar.

Existe também o SOS Mau Hálito: enviando um e-mail ou telefonando, a pessoa que tem o problema recebe uma ligação — de forma respeitosa e discreta — informando a necessidade de realizar o tratamento para halitose.

 

Assista ao vídeo completo