Assunto pouco discutido, a sexualidade na velhice precisa ser abordada conforme a população envelhece.

 

Por muito tempo se acreditou que o passar dos anos significava o fim da sexualidade, assim como se acreditava que os mais velhos deviam evitar o esforço físico. O sexo se adapta, mas a vida sexual não acaba. O ginecologista Théo Lerner especialista em sexologia orienta sobre o assunto.

 

Veja também: Idosos também precisam se prevenir contra o HIV