Vídeos

Dificuldades da periferia na pandemia



A pandemia e a crise econômica trouxeram de volta a fome. Se você precisa sair para trabalhar, dr. Drauzio dá dicas de como se prevenir contra o coronavírus.

 

Desde o início da pandemia, já era esperado que a população brasileira enfrentasse dificuldades para cumprir o isolamento social, especialmente devido à pobreza nas periferias. Os moradores dessas regiões não tiveram escolha a não ser continuar trabalhando, atravessando a cidade para chegar ao serviço e se expondo, diariamente, ao risco de contágio.

Muitos ali não têm carteira assinada ou dinheiro guardado para emergências. Ter comida na mesa depende exclusivamente do trabalho diário. Sem essa possibilidade, o fantasma da fome, que há tanto tempo não assombrava o brasileiro, voltou com toda a força. Hoje, milhares de famílias encontram-se em situação de fome completa ou dificuldade de alimentar-se adequadamente.

Por isso, dr. Drauzio recomenda: se tiver que sair para trabalhar, utilize a máscara bem presa à cabeça, evite passar a mão no rosto dentro dos transportes públicos e procure uma pia para lavar bem as mãos com água e sabão ou higienizar com álcool gel assim que chegar ao seu destino. Na hora de tirar a máscara, puxe pelos elásticos e, se possível, lave-a ou troque por uma reserva. E o mais importante: se você já corre risco de contaminação todos os dias, não faça reuniões com parentes ou amigos. Reduza os contatos sociais ao mínimo possível. Proteja-se.

Veja também: Moro com pessoas mais vulneráveis; como protegê-los?

Leia mais