Comportamentos de risco para aids incluem a prática de sexo sem preservativo e ter recebido transfusão de sangue antes de 1985.

 

Hoje, do que “grupos de risco”, preferimos falar em comportamentos de risco para aids, caracterizando as pessoas que têm maior probabilidade de contrair o vírus.