Vídeos

Bom senso e fontes confiáveis | Coronavírus #2



Dr. Drauzio dá um recado primordial em tempos de pandemia do novo coronavírus: tenha bom senso e procure informações em fontes confiáveis.

 

Nós estamos num momento muito delicado, com um vírus que se dissemina rapidamente se espalhando pelo país. Nosso comportamento nesta hora tem que ter bom senso.

Não pode a pessoa ficar minimizando, falando “ah, isso não é nada”, “não morre ninguém”, “é besteira”, “dá um resfriadinho”. Não é verdade. E também não pode o contrário: você ficar apavorado. Alguém tossiu perto de você e você sai correndo, lava a mão, toma banho. Não. Nós temos que ter bom senso.

Veja também: Dr. Drauzio ensina como lavar as mãos

O bom senso diz o seguinte. Primeiro: esta é uma epidemia dinâmica. O que está acontecendo hoje não será mantido daqui a três, quatro semanas. Às vezes as orientações mudam de um dia para o outro. O que nós temos que fazer? Manter o bom senso. Fazer de tudo para evitar a disseminação do vírus. Tentar evitar aglomerações.

Tudo o que não for absolutamente essencial deve ser cortado do dia a dia. Procurar reduzir a chance de adquirir o vírus e reduzir muito mais a chance de passar para outras pessoas se a gente tiver algum tipo de sintoma.

O que vai acontecer? Vai ser o fim do mundo? Tenho que estocar comida, eu tenho que comprar máscara, andar mascarado? Não. Não há necessidade. Não podemos nem ser irresponsáveis e nem apavorados, porque isso não vai ajudar em nada.

Nós temos o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde, que estão dando boletins diários, orientações diárias. “Ah, mas ontem disseram que não precisava fazer isso e agora tenho que fazer?” É, é assim mesmo. Porque de acordo com a disseminação do vírus, as recomendações vão variar.

Vamos seguir essas orientações porque elas são estabelecidas por técnicos, por gente que só estuda isso. Não acesse a internet e ouve o que qualquer idiota acabou de falar. Vá ao site do Ministério da Saúde, da Organização Mundial da Saúde. Tem que haver uma centralização, uma coordenação da resposta da sociedade a essa ameaça.

Se cada um fizer da sua cabeça o que achar melhor, vai dar bagunça. Não vai dar certo.

Leia mais