Atualizações sobre variante Ômicron | Coronavírus

A Ômicron se espalhou pelo Brasil, causando uma explosão no número de casos da covid-19.

Drauzio Varella

Drauzio Varella é médico cancerologista e escritor. Foi um dos pioneiros no tratamento da aids no Brasil. Entre seus livros de maior sucesso estão Estação Carandiru, Por um Fio e O Médico Doente.

Compartilhar

A Ômicron se espalhou pelo Brasil, causando uma explosão no número de casos da covid-19.

 

Olha, o que a gente já sabe dessa variante ômicron? Primeiro, nós sabemos que ela é muito contagiosa, mas é muito mesmo. Hoje em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza, você não tem uma família que não tenha pelo menos um caso. Eu tenho visto muito mais casos de ômicron do que com as outras variantes durante todos esses dois anos de epidemia. Então, é muito contagiosa.

Depois, a gente sabe que ela provoca uma doença menos grave. O número de internações hospitalares e especialmente o número de mortes não tem aumentado significativamente, pelo menos no Brasil. Nós não sabemos se é porque ela é menos agressiva, o que pode ser, ou se é porque nós temos agora pelo menos três quartos da população brasileira que já recebeu uma dose da vacina e mais ou menos dois terços que já receberam as duas doses, então pode ser que seja a proteção da vacina.

Isso quer dizer que, então, eu posso pegar a ômicron que não vai acontecer nada comigo? Não faça essa besteira de jeito nenhum. Como é que você vai saber se, no seu caso em particular, a doença vai ser uma doença pouco agressiva? Como é que você vai saber se o seu sistema imunológico vai ter competência suficiente para impedir a multiplicação do vírus?

E, além disso, não é nem um pouco agradável pegar essa doença, mesmo que os sintomas sejam mais leves. Pode ter febre, mal-estar, perda de apetite, pode ter um cansaço extremo, uma dor de cabeça que chega a ser muito forte às vezes, e um cansaço absurdo. Você fica doente, e não é bom pegar doença nenhuma, muito menos para querer adquirir uma imunidade que você não sabe se vai te proteger de alguma coisa.

Tem gente que teve covid no ano passado, a covid clássica, e pegou a ômicron agora. Tem gente que teve covid e tomou as três doses da vacina e pegou a ômicron também. Isso quer dizer que se você pegar a ômicron agora você vai estar protegido contra outras variantes? Claro que não. Tudo indica que não.

Por isso, gente: máscara, cuidado. Não tem sentido você pegar uma doença na hipótese de que ela vai te conferir uma imunidade que pode ser adquirida por vacinas, e as vacinas têm um mínimo insignificante de efeitos colaterais. Elas vão te proteger sem você precisar ficar doente para isso.

Veja também: Enfermeiras, ômicron e influenza | Artigo

Veja mais