Obesidade

Exercícios aeróbicos e musculação são essenciais para tratar sobrepeso na adolescência



Para combater o sobrepeso na adolescência, é preciso combinar atividade física e alimentação balanceada. 

 

No Brasil, segundo dados do IBGE IPO 2008/09, 20,5% dos adolescentes entre dez e 19 anos estão com sobrepeso ou obesidade, ou seja, 1/5 da população adolescente do país está acima do peso. O excesso de peso está relacionado a doenças graves como diabetes, hipertensão, infarto, alguns tipos de câncer, entre outras.

Segundo um estudo canadense publicado pelo JAMA (Journal of the American Medical Association), o melhor caminho combater o sobrepeso na adolescência é realizar atividade aeróbica combinada com exercícios de resistência (que incluem pesos) e dieta. Apenas seguir uma redução calórica na dieta sem realizar atividade física não leva a perda de peso significativa.

No estudo, foram selecionados 304 adolescentes de 14 a 18 anos com índice de massa corpórea (IMC, que para adolescentes é calculado de acordo com a idade e sexo) no percentil 95 ou mais  ou no percentil 85 ou mais para pessoas com diabetes ou risco de doença cardiovascular além de obesidade.

Os participantes foram divididos em 4 grupos e acompanhados durante 22 semanas: 75 receberam treinamento aeróbico (em aparelhos como esteiras ergométricas); 78 realizaram exercícios de resistência (realizados com peso); 75 foram submetidos a treinamento envolvendo exercícios aeróbicos e de resistência; e 76 não realizaram nenhuma atividade física. Todos os participantes receberam aconselhamento dietético, com um déficit de energia diário de 250 kcal.

Aqueles que seguiram os exercícios combinados (aeróbico e de resistência) perderam muito mais gordura e medidas na cintura do que os que realizaram apenas exercícios aeróbicos, conhecidos por consumir mais energia.

Os participantes que seguiram apenas dieta perderam 0,6% de gordura corporal. Os que fizeram exercícios aeróbicos perderam 2,5% de gordura. Os adolescentes do grupo que realizou apenas exercícios de resistência perderam 3,2% de gordura corporal, enquanto os que realizaram os dois tipos de exercícios combinados perderam 4,8% de gordura corporal.

No entanto, a gordura na cintura quase não se alterou entre aqueles que fizeram apenas dieta, mas os adolescentes que realizaram exercícios aeróbicos perderam 3,04 cm de medida na cintura; os que fizeram exercícios de resistência perderam 2,03cm e os que realizaram exercícios combinados perderam 4,06cm.

Portanto, para obter uma perda de peso mais efetiva, o caminho é seguir uma dieta balanceada associada a exercícios aeróbicos e de resistência, de preferência com acompanhamento profissional.

Sobre o autor: Mariana Varella

Mariana Varella é editora do Portal Drauzio Varella. Formada em Ciências Sociais pela USP, atua na área de jornalismo de saúde, com foco em saúde da mulher. @marivarella

Leia mais