Tudo o que você precisa saber sobre os autotestes de Covid-19

Os autotestes já são comercializados nas farmácias e podem ser realizados pelo próprio usuário com suspeita da doença.

Juliana Conte

Juliana Conte é jornalista, repórter do Portal Drauzio Varella desde 2012. Interessa-se por questões relacionadas a manejo de dores, atividade física e alimentação saudável.

Os autotestes já são comercializados nas farmácias e podem ser realizados pelo próprio usuário com suspeita da doença.

Compartilhar

Publicado em: 19 de julho de 2022

Revisado em: 19 de julho de 2022

Os autotestes já são comercializados nas farmácias e podem ser realizados pelo próprio usuário com suspeita da doença.

 

Desde o início do ano, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou a comercialização dos autotestes de covid-19 no Brasil. Eles são realizados pelo próprio indivíduo, em casa, sem a necessidade de auxílio profissional, e seguindo as informações do fabricante descritas no manual de instruções.

O objetivo é identificar o mais rapidamente possível pessoas que estejam infectadas pela covid-19, sejam elas assintomáticas ou não, incentivando o isolamento precoce e a assistência médica quando necessária. A medida tem sido apontada por médicos e epidemiologistas como uma estratégia importante para o enfrentamento da doença, além de ajudar a evitar idas desnecessárias ao hospital. É uma opção confiável e funciona como uma pré-triagem aos sistemas de saúde. 

Podem ser utilizados por pessoas de todas as idades, mas crianças menores de 14 anos devem ser assistidas por um adulto. 

Mas, afinal, como funcionam os autotestes?

 

Antígenos

O autoteste de covid-19 é uma testagem de antígeno, ou seja, utiliza a mesma tecnologia dos testes feitos em farmácias, por profissionais. Na prática, isso significa que eles são capazes de detectar proteínas produzidas pelo Sars-CoV-2 (bem na fase de replicação viral), e assim indicar em menos de 15 minutos se o indivíduo está contaminado ou não. 

 

Quando deve ser feito?

A indicação é que o autoteste seja feito entre o quarto e o quinto dias de sintomas, ou após contato com pessoas positivadas. 

É muito importante respeitar esse período, já que o vírus pode não ser detectado nos primeiros dias. É preciso que haja partículas contaminadas suficientes na mucosa nasal para que acumule uma carga viral expressiva.

Veja também: Tive contato com uma pessoa com covid-19: devo me testar?

 

Positivo X Negativo

Um resultado positivo dá praticamente 100% de certeza de que a pessoa esteja infectada. Já os negativos têm uma falha um pouco maior. Se você testar negativo, mas estiver com sintomas, é prudente refazer o teste em 48 horas. 

Se o resultado for negativo novamente, é recomendado buscar auxílio médico para a realização do teste PCR, feito em ambiente laboratorial e que permite identificar a presença do material genético do vírus Sars-Cov-2 em amostras de secreção respiratória. 

 

Depois do resultado

Caso o resultado seja positivo, as recomendações da Anvisa envolvem uso de máscara e isolamento imediato. Os autotestes são utilizados para triagem, como uma abordagem primária para reduzir a disseminação do vírus.

Os autotestes já são comercializados nas farmácias e podem ser realizados pelo próprio usuário com suspeita da doença.

Se houver sintomas agudos e debilitantes, é necessário que o paciente busque atendimento em um serviço de saúde para confirmar o diagnóstico e, assim, receber acompanhamento.

 

KIT

O dispositivo do teste lembra o de um teste de gravidez. O produto costuma conter um swab nasal estéril (uma espécie de cotonete, que serve para coleta do material), o tampão de extração, a tampa do filtro, o dispositivo de teste e o reagente – líquido que apresenta resultado positivo ou negativo a partir do contato com o material genético do vírus. Pode ser adquirido nas farmácias. 

Os autotestes já são comercializados nas farmácias e podem ser realizados pelo próprio usuário com suspeita da doença.

ATENÇÃO: Após o uso, coloque o tubo contendo o swab e o dispositivo de teste na embalagem plástica de descarte que está incluída no pacote e descarte-a na lata de lixo comum.

 

Conteúdo com apoio da Abbott Laboratories

Panbio™ COVID-19 Antigen SELF-TEST registrado na ANVISA sob o número: 10071770927

Veja também: Aprenda a fazer o autoteste de covid-19

Veja mais