Matéria em site diz haver relação entre o anti-inflamatório ibuprofeno e infertilidade masculina. Será verdade? Veja a checagem da agência de checagem em notícias de saúde DROPS.

 

O anti-inflamatório ibuprofeno, usado para aliviar dores e baixar a febre, é um dos remédios mais vendidos no Brasil. Recentemente, uma matéria afirmou que seu consumo pode causar infertilidade em homens. Será verdade? DROPS checou.

 

QUEM DISSE? “Bem Estar”¹

QUANDO DISSE? 09/01/2018 

 O QUE DISSE?  “Ibuprofeno pode levar à infertilidade masculina, sugere pesquisa.”

CHECAGEM: INSUSTENTÁVEL

 

Veja também: Checagem: Não existe nível seguro de consumo de álcool

 

CONTEXTO

 

O ibuprofeno é um dos medicamentos com efeito analgésico, antitérmico e anti-inflamatório mais consumido no Brasil. Já a diminuição ou perda da fertilidade masculina é um dos maiores temores dos homens mundo afora.

Com isso em vista,  não é de se estranhar que a publicação de uma série de notícias, como a do site  “Bem Estar”¹, que alertam para o fato de que o consumo de ibuprofeno pode levar à infertilidade masculina, tenha tido grande repercussão mundial.

Mas será que a relação entre o ibuprofeno e a infertilidade masculina foi realmente provada pela ciência? DROPS checou.

 

O QUE DIZ A CIÊNCIA

 

Notícias como a do site “Bem Estar”, com o título de ibuprofeno pode levar à infertilidade masculina, sugere pesquisa”, surgiram logo após a divulgação de um estudo científico realizado por pesquisadores dinamarqueses ter sido publicado na revista científica “PNAS (Proceedings of the National Academy of Sciences)”².

Apesar das manchetes alarmantes dos veículos de comunicação, a pesquisa não avaliou a fertilidade masculina. O estudo analisou uma combinação de testes clínicos e evidências laboratoriais para verificar se o uso de ibuprofeno estava associado a uma mudança nos níveis de testosterona nos homens. A questão da infertilidade, que poderia possivelmente ser causada por níveis mais baixos desse hormônio, não foi analisada.

Como apontado em artigo do NHS britânico (National Health Service)³, o ensaio clínico incluiu apenas 30 homens ​​que receberam uma dose grande de ibuprofeno (600 mg/2 x por dia) continuamente por 6 semanas, o que é muito mais do que a maioria das pessoas consumiria em uma situação real. A exposição ao ibuprofeno não alterou os níveis de testosterona no organismo, mas aumentou os níveis de outro hormônio, conhecido como hormônio luteinizante (LH), que estimula a produção de testosterona. Ou seja, o consumo excessivo de ibuprofeno não causa efeito direto na fertilidade.

Reforçando essa posição, um artigo de cientistas colaboradores do projeto Health News Review⁴ avalia que: “o que o estudo fez foi mostrar que o ibuprofeno pode ter um efeito sobre a produção de um hormônio na glândula pituitária que estimula a produção de testosterona. O estudo não mostrou diferenças na produção de testosterona nos homens testados com ibuprofeno e nem examinou a produção e viabilidade de seus espermatozoides”.

Mesmo posicionamento foi defendido pelos especialistas consultados pelo Science Media Centre em um artigo publicado ainda em janeiro de 2018⁵. Na publicação, todos os médicos consultados afirmam que apesar de o estudo ser inovador e de qualidade, os resultados não indicam a necessidade de alterar as recomendações atuais em relação ao uso de ibuprofeno. Outras pesquisas, em larga escala, seriam necessárias para determinar o potencial de efeitos reprodutivos clinicamente relevantes em homens adultos.

A pouca representatividade de um estudo realizado com uma amostra populacional tão pequena também é mencionada no artigo do Center for Accountability in Science⁶, no qual a entidade afirma que em suma, os resultados de estudos nem sempre são como parecem – especialmente quando pequenas amostras estão envolvidas. Desde que as pessoas usem de forma responsável e sigam as instruções dos rótulos dos medicamentos, a segurança e a eficácia da medicação – ibuprofeno – foram bem documentadas e apoiadas por décadas de estudo científico e uso no mundo real”.

 

CHECAGEM

 

Após a consulta de diversos artigos publicados por entidades científicas, DROPS checou e confirmou que o título da reportagem do “Bem Estar”, “ibuprofeno pode levar à infertilidade masculina, sugere pesquisa”, é INSUSTENTÁVEL. Até o  momento não existem evidências científicas que embasem a afirmação, sendo necessárias ainda outras pesquisas para confirmação da relação de causa e efeito entre a droga ibuprofeno e a infertilidade masculina.

 

Referências

 

Acesso em 12/08/2019:

¹ https://g1.globo.com/bemestar/noticia/ibuprofeno-pode-levar-a-infertilidade-masculina-sugere-pesquisa.ghtml

² https://www.pnas.org/content/115/4/E715.full

³ https://www.nhs.uk/news/medication/ibuprofen-linked-testosterone-problems/

⁴ https://www.healthnewsreview.org/2018/01/ibuprofen-infertility/

⁵ https://www.sciencemediacentre.org/expert-reaction-to-study-looking-at-ibuprofen-use-and-testicular-health-in-men/

⁶ https://www.accountablescience.com/does-ibuprofen-make-you-infertile/