Corpo humano

Hipófise (pituitária)

A hipófise é conhecida como "glândula mestre", por ser  responsável pelo funcionamento de outras glândulas do corpo. 

A hipófise é conhecida como “glândula mestre”, por ser  responsável pelo funcionamento de outras glândulas do corpo. 

 

 

A hipófise, também conhecida como glândula pituitária, é uma glândula endócrina de cerca de 1 cm de diâmetro e 1 g de peso, localizada na base do cérebro, em uma área chama sela túrcica. Encontra-se abaixo do hipotálamo, que controla grande parte das funções da hipófise, e está ligada a ele pela haste hipofisária. Também é conhecida como “glândula mestre”, por ser  responsável pelo funcionamento de outras glândulas do corpo.

 

Veja também: Hipertireoidismo e hipotireoidismo

 

Em relação à sua fisiologia, divide-se em duas partes:

 

  • Lobo anterior (adenohipófise): quando estimulada pelo hipotálamo, secreta diversos hormônios como GH (hormônio do crescimento), TSH (hormônio estimulador da tireoide), ACTH (hormônio adrenocortical), LH (hormônio luteinizante), FSH (hormônio foliculoestimulante), entre outros. Esses hormônios estimulam outros órgãos, como tireoide, adrenal, ovários, testículos, entre outros, e assim ajudam a regular funções importantes como manutenção da pressão arterial, crescimento, reprodução etc.;
  • Lobo posterior (neurohipófise):  armazena e secreta o ADH (hormônio antidiurético) e a ocitocina, hormônios produzidos pelo hipotálamo que regulam o equilíbrio de água e eletrólitos e a contração uterina, respectivamente.

Sobre o autor: Mariana Varella

Mariana Varella é editora-chefe do Portal Drauzio Varella. Jornalista de saúde, é formada em Ciências Sociais e pós-graduanda na Faculdade de Saúde Pública da USP. Interessa-se por saúde pública e saúde da mulher. @marivarella