Checagens

Benzocaína, usada para aliviar sintomas da dentição de bebês, oferecem riscos à saúde | Checagem

Benzocaína, usada para aliviar sintomas da dentição de bebês, oferecem riscos à saúde | Checagem

O uso de medicamentos à base de benzocaína, utilizados principalmente para aliviar os sintomas da dentição de bebês, tem sido questionado. Afinal, esses medicamentos são seguros?

 

Produtos contendo benzocaína usados para aliviar os sintomas da dentição oferecem riscos à saúde e podem ser proibidos nos EUA.

QUEM DISSE? CBS News

O QUE DISSE? “FDA adverte que produtos para dentição a base de benzocaína são inseguros e quer vê-los fora do mercado.”

QUANDO DISSE? 23/05/2018

CHECAGEM: VERDADEIRO

 

CONTEXTO

 

No dia 28 de fevereiro deste ano, a norte-americana Danielle Kapetanovic descreveu em sua página pessoal no Facebook os efeitos colaterais assustadores que sua filha Chloe teve após o uso de um medicamento à base de benzocaína, indicado para aliviar os sintomas da erupção dos dentes de bebês. Segundo o relato, alguns segundos depois da aplicação da pomada, Chloe parou de respirar e sua pele adquiriu uma coloração azulada. Felizmente, ela foi reanimada e nada mais grave aconteceu. De lá para cá o post de Danielle teve mais de 101 mil compartilhamentos!

No dia 23 de maio, 3 meses após a postagem no Facebook, a rede americana de notícias CBS fez uma publicação com a seguinte manchete: FDA adverte que produtos para dentição à base de benzocaína são inseguros e quer vê-los fora do mercado.

Mas será que uma pomada vendida livremente em balcões de farmácias e supermercados norte-americanos poderia ser insegura para pacientes? Teria a agência regulatória norte-americana intenção de retirá-la do mercado? DROPS verificou.

 

Veja também: Ingestão de vitamina C não previne gripes e resfriados

  

VERIFICAMOS

 

Benzocaína é uma substância que age como anestésico local bloqueando a condução de impulsos nervosos. Seu uso não exige prescrição médica e é regulado no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), seguindo as recomendações de dosagem para cada tipo de aplicação e paciente. O uso de benzocaína com o objetivo de aliviar os sintomas da erupção dos dentes (desconforto, coceira, inchaço) é uma prática amplamente conhecida. Pomadas ou géis à base da substância podem ser comprados no Brasil pela internet, ou nos EUA em drogarias e supermercados.

Os pronunciamentos da FDA sobre os sérios efeitos colaterias que os medicamentos à base de benzocaína poderiam causar em crianças pequenas começaram em 2011. O primeiro alerta relacionava o uso de sprays à base de benzocaína e episódios de meta-hemoglobinemia (condição na qual a quantidade de oxigênio transportada pelos vasos sanguineos é drasticamente reduzida). Ainda em 2011, um segundo alerta foi emitido pela FDA  relacionando, dessa vez, o uso de benzocaína na forma de gel ou pomada à meta-hemoglobinemia.

Por fim, já na semana passada a FDA emitiu o seu terceiro comunicado sobre o tema:

“A FDA (Food and Drug Administration) dos EUA alerta para o fato de que medicamentos orais sem prescrição médica que contenham benzocaína não devem ser usados ​​no tratamento de bebês e crianças menores de 2 anos. Também estamos alertando que os medicamentos orais que contenham benzocaína só devem ser usados ​​em adultos e crianças com 2 anos ou mais se eles contiverem certas advertências no rótulo do medicamento. Esses produtos acarretam sérios riscos e proporcionam pouco ou nenhum benefício para o tratamento da dor oral, incluindo gengivas doloridas em bebês devido à formação da dentição. Benzocaína, um anestésico local, pode causar uma condição na qual a quantidade de oxigênio transportada através do sangue fica bastante reduzida. Essa condição, chamada meta-hemoglobinemia, pode ser fatal e resultar em morte.

“Dadas as evidências acumuladas sobre a associação de benzocaína à meta-hemoglobinemia, estamos tomando as medidas necessárias para trabalhar com a indústria para descontinuar a distribuição e venda de produtos de saúde bucal sem prescrição de benzocaína destinados à dor da dentição e adicionar informações de alerta sobre meta-hemoglobinemia e uma contraindicação contra o uso para a dor da dentição e contra o uso em crianças menores de 2 anos de idade para os produtos de cuidados de saúde orais contendo benzocaína restantes ”, disse  a dra. Janet Woodcock, diretora do Centro de Avaliação e Pesquisa de Drogas da FDA.  A leitura do comunicado emitido pela FDA comprova que as duas afirmações contidas na manchete da CBS News são VERDADEIRAS.

Sobre o autor: Redação Drops

Drops é a primeira plataforma brasileira dedicada exclusivamente a checar o grau de veracidade de notícias sobre saúde veiculadas na imprensa e nas redes sociais, baseados no fact checking e na busca por evidências científicas em publicações indexadas e instituições de referência. Visite:
dropslab.org

Leia mais