Diabetes é uma doença crônica que atinge cerca de 13 milhões de brasileiros. Há alguns meses, surgiram boatos afirmando que há uma vacina contra a diabetes. Mas será que é verdade?

 

Nos últimos dez anos, o Brasil registrou um aumento superior a 60% no número diabéticos, que já somam mais de 13 milhões de pessoas no país. Mas um texto que tem circulado com frequência pelas redes sociais afirma que “a vacina contra o diabetes foi oficialmente anunciada”.

Será que a informação está correta? Drops apurou.

 

QUEM DISSE? http://vacinadiabetes.com/

 

O QUE DISSE? “A vacina contra o diabetes foi anunciada oficialmente e o mundo inteiro está comemorando a notícia.”

 

QUANDO DISSE? 25/01/2018

 

CHECAGEM: FALSO

 

CONTEXTO

 

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), “o diabetes é uma doença crônica caracterizada por níveis elevados de glicose no sangue que, a longo prazo, podem causar sérios danos ao coração, vasos sanguíneos, olhos, rins e nervos”.

Nos últimos dez anos, o Brasil registrou um aumento superior a 60% no número de diabéticos, que já somam mais de 13 milhões de pessoas no país. Assim, não causa surpresa constatar que uma notícia falsa que anuncia uma vacina para a doença continue sendo exaustivamente promovida e compartilhada nas redes sociais.

Apenas nos últimos dois meses, a notícia sobre essa “descoberta”, postada em uma página no Facebook, foi compartilhada por mais de 4 mil pessoas. Mas o que realmente diz a ciência? Existe uma vacina capaz de prevenir o diabetes? Drops checou!

 

Veja também: A dose fracionada da vacina é suficiente para proteger contra a febre amarela?

 

O QUE DIZ A CIÊNCIA

 

A história teve origem em 2012, com a publicação dos resultados da fase 1 de estudos clínicos sobre o uso da vacina BCG para o tratamento de diabetes tipo 1. O medicamento, criado há 97 anos para combater a tuberculose, foi usado por pesquisadores do Massachusetts General Hospital para tratar pessoas com diabetes tipo 1.

Os pacientes submetidos à terapia apresentaram melhora tão considerável que o FDA (Food and Drug Administration, agência americana responsável pela liberação de drogas e tratamentos) aprovou a continuidade da pesquisa cuja fase 2 foi anunciada em meados de 2015.

A expectativa dos pesquisadores de Massachusstes é reverter completamente a doença e obter resultados clínicos mais consistentes, como o controle médio de açúcar no sangue. No entanto, o estudo ainda está em andamento e acompanhará 150 adultos com diabetes tipo 1 por um período de quatro anos.

Ou seja, a afirmação ”A vacina contra o diabetes foi anunciada oficialmente e o mundo inteiro está comemorando a notícia”, apesar de animadora, é FALSA.

Veja por quê:

  • A vacina ainda se encontra na fase de testes e não está disponível para uso;
  • A frase induz a pensar que a vacina será eficiente para todo tipo de diabetes, o que não é verdade. A vacina estudada apenas funciona para o diabetes tipo 1;
  • Ao checar diversos sites e páginas que reproduziram essa manchete, Drops constatou ainda que é recorrente a indicação de outros tratamentos que teriam a capacidade de reverter e curar o diabetes. No entanto, especialistas são unânimes ao afirmar que ainda não há cura para a doença, apenas tratamentos que melhoram a qualidade de vida de quem sofre com a doença.

 

Referências

 

Acesso em 23/03/2018:

Ministério da Saúde: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/abril/17/Vigitel.pdf

World Health Organization (WHO):  http://www.who.int/diabetes/en/

Ministério da Saúde: http://portalarquivos.saude.gov.br/images/pdf/2017/abril/17/Vigitel.pdf

Facebook:  https://www.facebook.com/ReduzaOAcucarNoSangue/videos/585773825098920/

The Massachusstes General Hospital: https://giving.massgeneral.org/researchers-diabetes-quest-advances/