Sintomas e tratamento da sífilis

Drauzio entrevista o médico intectologista Bruno Ishigami, que explica quais são os sinais da doença e como se prevenir.

Drauzio Varella

Drauzio Varella é médico cancerologista e escritor. Foi um dos pioneiros no tratamento da aids no Brasil. Entre seus livros de maior sucesso estão Estação Carandiru, Por um Fio e O Médico Doente.

Compartilhar

Drauzio entrevista o médico intectologista Bruno Ishigami, que explica quais são os sinais da doença e como se prevenir.

 

A sífilis é uma das infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) mais comuns no Brasil, já que, muitas vezes, as pessoas não apresentam sintomas e podem continuar transmitindo-a sem saber. O dr. Bruno Ishigami, médico infectologista do sistema prisonal de Pernambuco e da Clínica do Homem AHF, conta que a doença pode começar com lesões localizadas na região íntima ou na boca, as quais surgem em até 90 dias depois da relação sexual e costumam imperceptíveis se não houver o autoexame.

Depois, evoluem para manchas que somem com o tempo e, então, entra na fase de latência em que o portador fica assintomático, mas ainda transmite o vírus. Nesta conversa com o dr. Drauzio, o especialista traz os tratamentos para a doença e relembra as principais formas de prevenção. Assista!

Veja também: Aumento do número de casos de sífilis preocupa especialistas

Veja mais