Vídeos

Mudança de conduta para procurar ajuda médica | Coronavírus #42



Médicos descobriram que esperar a falta de ar para procurar um hospital pode ser tarde. O ideal é acompanhar a piora dos sintomas após o quarto dia.

 

Mudança de conduta na hora de procurar um pronto atendimento. Quando sente falta de ar já não é tarde demais? É, nós achávamos que o momento de você procurar atendimento médico é quando sentisse falta de ar. Hoje, a gente sabe que na infecção pelo coronavírus as pessoas são muito resistentes à baixa de oxigênio no sangue. Então, a taxa de oxigênio cai e a pessoa não sente falta de ar, ou sente muito pouca. 

Então, na verdade, qual é o critério que a gente tem que usar? Você pegou o vírus, marca o primeiro dia do primeiro sintoma. “Ah, eu acordei e não sentia cheiro de nada” ou “acordei meio doente”. Esse é o primeiro dia. Dá três ou quatro dias. Se você depois de três ou quatro dias começar a melhorar, a febre cai, você começa a se sentir um pouquinho mais disposto, vai segurando em casa, e enquanto estiver melhorando não tem razão pra procurar atendimento médico.

Mas se depois de três ou quatro dias, você sente que a doença fica mais grave, fica mais cansado, mais debilitado, a febre se mantém, você não se sente bem, não tem apetite, aí procura um hospital. Senti que a doença tá piorando, é hora de procurar uma unidade básica de saúde, um atendimento, uma assistência médica oferecida perto de você. 

Veja também: Quarentena: Como lidar com o excesso de notícias sobre a pandemia

Leia mais