Podcasts

Outras Histórias #22 | Procedimentos medievais



“Não é uma dor forte, dá pra suportar”, quer dizer o que exatamente? Que ninguém morre de dor? Neste episódio, uma reflexão sobre os procedimentos médicos feitos sem anestesia, como a biópsia de próstata do Seu Manoel.

 

 

 

Quando Seu Manoel, carcereiro do Carandiru, foi fazer uma biópsia de próstata, o dr. Drauzio recomendou que ele pedisse anestesia. Mas o convênio não cobria a aplicação e o médico que o atendeu o garantiu que seriam apenas uma sensação de “picadinha” da agulha. Ao sentir a dor das tais “picadinhas”, seu Manoel se arrependeu no mesmo instante.

Na história da humanidade, a resistência à dor é considerado um ato de heroísmo. Mas, em pleno século XXI, com invenção da anestesia e com as melhores tecnologias à disposição da Medicina, qual é a justificativa de insistir em procedimentos medievais que provocam tanto sofrimento? Ouça a opinião do dr. Drauzio neste episódio do Outras Histórias.

Ouça também no YouTube:

Veja também: História da anestesia | Entrevista

Sobre o autor: Drauzio Varella

Drauzio Varella é médico cancerologista e escritor. Foi um dos pioneiros no tratamento da aids no Brasil. Entre seus livros de maior sucesso estão Estação Carandiru, Por um Fio e O Médico Doente.

Leia mais