Drogas Lícitas e Ilícitas

O efeito Humphrey Bogart (tabagismo e cinema)



Assistir a cenas — tanto no cinema quanto ao vivo — de pessoas fumando, faz a criança ou o adolescente ceder ao tabagismo mais cedo.

Assistir a alguém fumando faz a criança ou o adolescente tanto experimentar um cigarro mais cedo, como passar a fumar regularmente. Essa afirmação vale para os que assistem à cena ao vivo, ou a veem veiculada pelos diferentes meios de comunicação, principalmente nos filmes.

A essa conclusão chegaram pesquisadores ingleses depois de acompanhar 5.166 crianças e adolescentes até a idade de 15 anos, no Reino Unido. Por meio de entrevistas, eles identificaram os filmes mais assistidos nessa faixa de idade entre os 366 de maior bilheteria nos Estado Unidos. Revendo os filmes, avaliaram quantas vezes as crianças eram expostas a cenas de atores fumando. Em média, as crianças inglesas assistiram a 68 cenas em que havia consumo de cigarro.

A conclusão dos pesquisadores ingleses, nesse trabalho, foi que, quanto mais cenas a criança assistir, maior será o risco não só de experimentar um cigarro precocemente, mas também de tornar-se um fumante regular.

 

Veja também: Veja um vídeo sobre os males do cigarro na juventude

 

Pesquisas nos Estados Unidos, Nova Zelândia, México e Alemanha, embora seguindo metodologias diferentes, apontaram para resultados semelhantes. Os autores fizeram uma metanálise desses dados. Esse tipo de pesquisa considera tanto o número de pessoas quanto a resposta de cada estudo, o que permite chegar a um resultado balanceado.

A conclusão, portanto, baseada em diferentes níveis de exposição, é que assistir a cenas de fumantes aumenta em até 100% o risco de experimentar um cigarro e, em até 68%, o risco de passar a fumar regularmente. Esses dados levam também em conta as condições familiares e sociais relacionadas com o hábito de fumar.

É muito importante reforçar que, além de não dar o exemplo em casa, os pais e educadores devem preocupar-se com esse tipo de exposição que a mídia favorece. O tabagismo é a principal causa de morte entre todas conhecidas pelo homem e a dependência de nicotina começa principalmente na adolescência.

Por isso, além de violência e sexo, a classificação dos filmes deveria levar em conta as cenas de tabagismo.

 

Referência

Waylen AE, LearySD, NessAR, Tanski SE, Sargent JD. Cross-sectional association between smoking depictions in films and adolescent tobacco use nested in a British cohort study. Thorax. 2011 Oct;66(10):856-61

Sobre o autor: Maria Helena Varella Bruna

Maria Helena Varella Bruna é redatora e revisora, trabalha desde o início do Site Drauzio Varella, ainda nos anos 1990. Escreve sobre doenças e sintomas, além de atualizar os conteúdos do Portal conforme as constantes novidades do universo de ciência e saúde.