Coronavírus

Como diminuir o risco de contaminação por coronavírus no transporte público?

Mão de mulher segurando em apoio do transporte público. Higienizar as mãos com álcool em gel é essencial para se prevenir do novo coronavírus.

Não levar as mãos ao rosto até que tenha a oportunidade de higienizá-las após sair do transporte público reduz o risco de contrair o novo coronavírus.

 

Durante a pandemia do novo coronavírus (SARS-Cov-2), os órgãos de saúde recomendam que a população faça deslocamentos somente quando for necessário, para evitar exposição e disseminação do vírus. A orientação vale principalmente para aqueles que utilizam transporte público, seja ônibus e trem, seja transporte particular compartilhado, como táxi e aplicativos.

Veja também: Coronavírus: Quando ir ao pronto-socorro?

Se precisar utilizar, algumas dicas podem ajudar a se prevenir. São elas:

  • Lavar bem as mãos ao chegar ou sair de casa, trabalho ou estabelecimento ao qual você tenha ido;
  • Utilizar álcool gel antes de subir e após descer do veículo, pois o vírus pode ser transmitido por objetos e superfícies;
  • Não leve as mãos ao rosto (olhos, boca e nariz) enquanto não tiver a oportunidade de higienizá-las, principalmente dentro do transporte;
  • Utilize máscaras de tecido;
  • Sempre que tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com o antebraço, nunca com as mãos;
  • Abra janelas, caso o transporte possua. Ambientes fechados são mais propícios à transmissão;
  • Se possível, mantenha 1 metro de distância das outras pessoas;
  • Limpe objetos pessoais que tocar durante o trajeto com álcool em gel (por exemplo, o celular).

Sobre o autor: Rafael Machado

Rafael Machado é jornalista e repórter do Portal Drauzio Varella. Tem interesse nas editorias de saúde pública e direitos humanos.