Vídeos

Notícias da pandemia | Live Instagram



Falta de medicamentos para intubação, aumento de casos graves e mortes por covid-19 entre jovens preocupam médicos.

 

No atual momento da pandemia, uma das maiores preocupações em todo o Brasil é a falta de medicamentos para intubação, como sedativos, relaxantes musculares e outras drogas variadas. A intubação exige uma grande quantidade de remédios, já que pode se estender por vários dias. Mas com a alta demanda, há dificuldade por parte das instâncias governamentais em adquirir e repassar esses itens.

Outro agravante é o aumento de casos graves da covid-19 em jovens, parcela da população mais exposta e que, de forma geral, permanece mais tempo nos leitos de UTI. Para se ter uma ideia, de novembro 2020 para março de 2021, a mortalidade nessa faixa etária passou de 13% para 38% (quase o triplo).

Enquanto isso, pesquisadores e cientistas investigam as novas mutações da P.1, variante brasileira do vírus que surgiu em Manaus. Tendo em vista a maior taxa de transmissibilidade da cepa, usar máscaras, evitar aglomerações e lavar bem as mãos continuam sendo as melhores alternativas para frear a quantidade de casos, mesmo entre as pessoas que já estão vacinadas.

Veja também: Qual é a máscara mais indicada? | Live Instagram

Leia mais