Vídeos

Luto e despedida em meio à pandemia | Coronavírus #53



O luto é um processo natural, mas a pandemia do novo coronavírus tem afetado a forma de nos apoiarmos. Dr. Drauzio comenta o assunto neste vídeo. 

 

A pandemia do novo coronavírus trouxe uma realidade muito cruel pras famílias das vítimas: enfrentar o luto sem os rituais tradicionais pelos quais as pessoas estão acostumadas a passar. Velar e enterrar seu ente querido, pra muita gente é uma forma importante de despedida. E agora, com a pandemia, muita gente não pode se despedir da forma que gostaria. Isso é muito duro. 

Cada pessoa tem uma maneira diferente de vivenciar o luto. Tem o seu tempo de processar a informação, organizar os sentimentos, e isso é normal. Mas diante desse cenário de pandemia, com uma convivência mais restrita, as pessoas não conseguem se encontrar, se abraçar, se consolar com amigos e familiares. Isso dificulta de certa maneira o processo de enlutamento.

Infelizmente, a única forma segura que temos para nos comunicar agora é assim, pela internet, por meio de vídeos, ligações e mensagens. Então, é importante que haja um acolhimento dentro das possibilidades que temos hoje. Se você tem um amigo que perdeu alguém, ligue para ele, converse, escute o que ele tem a dizer, às vezes se distrair um pouco já ajuda muito. 

Para quem está vivendo o luto, é comum que a rotina seja alterada e as coisas fiquem bagunçadas. Mas não se cobre tanto. Dê tempo ao tempo e busque fazer coisas que te fazem bem nesse momento tão difícil. 

Veja também: Como a pandemia tem afetado a sua saúde mental?

Leia mais