Vídeos

Como é o tratamento da hepatite C no SUS | Coluna #125



Os remédios mais modernos abrem as portas para um cenário de controle da hepatite C, mas é preciso primeiro diagnosticar esses pacientes.

 

 

Os novos medicamentos disponíveis no SUS trazem muitos benefícios para os pacientes que convivem com a doença. Além da facilidade posológica (os remédios são tomados por via oral) e da duração menor (12 semanas), as taxas de cura da nova  terapia ultrapassam os 90%. No tratamento anterior era necessário tomar injeções semanais por até um ano, e as taxas de cura giravam em torno de 50%. Para saber mais, acesso o site da campanha Hepatite C Fala com Você.

Veja também: Por que a hepatite C é pouco identificada?

Leia mais