Saúde pública

Aplicativo Primeiros Socorros Drauzio Varella ensina como proceder em caso de acidentes

Aplicativo Primeiros Socorros Drauzio Varella ensina como proceder em caso de acidentes

Aplicativo Primeiros Socorros Drauzio Varella ensina os procedimentos corretos para mais de 20 situações e tem botão para ligar para o Samu. Baixe agora.

 

Anualmente ocorre 1 milhão de casos de queimaduras no Brasil, sendo que 70% dos casos acontecem em casa. Já as quedas são responsáveis por quase 1/3 dos acidentes domésticos, e só no Estado de São Paulo uma pessoa morre a cada 3 dias em função delas.

Acidentes assim podem acontecer com qualquer pessoa e nessas horas é fundamental saber tanto como agir quanto o que não deve ser feito. Como são imprevisíveis, é importante ter acesso fácil à maneira correta de fazer os primeiros-socorros, já que nem sempre há tempo de esperar pela ajuda de profissionais.

Tela de exemplo do aplicativo Primeiros Socorros Drauzio Varella.

Aplicativo de primeiros-socorros, desenvolvido e supervisionado pelo Dr. Drauzio, está disponível para smartphone e tablet

Pensando nisso, o Dr. Drauzio Varella, em parceria com a Uzumaki Comunicação, a Lab 62 e a Qualicorp, criou um aplicativo gratuito para celulares smartphone e tablets com informações sobre como prestar socorro em 11 situações: engasgamentos, queimaduras, traumas na cabeça, cortes, fraturas e entorses, choques elétricos, picadas e mordidas de animais, intoxicações e alergias, sangramentos, afogamentos e quadros em que é necessário transportar feridos.

A ideia do aplicativo, que tem como objetivo mostrar como conduzir a situação até o socorro profissional chegar, surgiu após a série Primeiros-Socorros, veiculada no programa Fantástico, da Rede Globo. “Como em televisão o tempo é muito curto, tivemos que focar em alguns acidentes domésticos, não pudemos falar de todos. Esse aplicativo reúne essas informações de forma completa e mais acessível”, explica o Dr. Drauzio.

 

Vídeo: Dr. Drauzio apresenta o app de Primeiros Socorros

 

Voltado para o público leigo, o aplicativo usa linguagem simples, com orientações fáceis de entender e imagens para ilustrar as informações, além de ter navegação bem prática: com um toque, o usuário escolhe qual tipo de emergência quer acessar e, em seguida, aparecem as orientações sobre o que fazer e o que não deve ser feito. O app disponibiliza também um botão para acionar diretamente o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) pelo em situações mais graves, além de um quiz para o usuário verificar seus conhecimentos sobre o tema.

O aplicativo está disponível na loja de apps da Apple e na Google Play Store:

 

Como baixar o aplicativo

 

a) Para iPhones e iPads (app store) diretamente do aparelho: 

  1. Clicar no ícone App Store (em geral, fica na tela inicial de aplicativos);
  2. Clicar no ícone “search”, na parte inferior da tela (ícone da lupa, quarto da esquerda para direita);
  3. Digitar “drauzio” no campo da busca;
  4. Clicar no ícone do aplicativo entre os resultados da busca;
  5. Após a abertura da tela de informação sobre o aplicativo, clicar no botão azul escrito “Free”, que fica no canto superior direito; esse mesmo botão mudará para “install app”e ficará verde; clicar nele novamente;
  6. Caso o usuário ainda não tenha realizado nenhum download no aparelho, aparecerá na tela um campo para que ele insira a senha de sua conta na app store;
  7. Após inserir a senha, o download começará. O tempo de download dependerá da conexão por wi-fi ou do nível de sinal do celular.

 

b) Para celulares e tablets com sistema operacional Android:

  1. Clicar no ícone “Play Store”;
  2. Clicar no ícone da lupa, no canto superior direito da tela ou no ícone de lupa que existe nos próprios aparelhos;
  3. Digitar “drauzio” no campo da busca;
  4. Clicar no ícone do aplicativo entre os resultados da busca;
  5. Clicar no botão escrito “Instalar”;
  6. Ao término do download, basta clicar em “Abrir” para utilizar o aplicativo.

Sobre o autor: Tainah Medeiros

Tainah Medeiros é jornalista com foco em saúde, atuou como repórter de 2011 a 2016 no Portal Drauzio Varella. Hoje, é a responsável pelas Redes Sociais do dr. Draw. <três