8 mitos sobre o câncer que você já deve ter ouvido

O câncer ainda é uma doença cercada de mitos. É preciso diminuir os conceitos falsos sobre a enfermidade que mata mais de 260 mil pessoas todos os anos. 

Juliana Conte

Juliana Conte é jornalista, repórter do Portal Drauzio Varella desde 2012. Interessa-se por questões relacionadas a manejo de dores, atividade física e alimentação saudável.

O câncer ainda é uma doença cheia de mitos. É preciso diminuir os conceitos falsos sobre a enfermidade que mata mais de 260 mil pessoas todos os anos.

Compartilhar

Publicado em: 28 de julho de 2022

Revisado em: 28 de julho de 2022

O câncer ainda é uma doença cercada de mitos. É preciso diminuir os conceitos falsos sobre a enfermidade que mata mais de 260 mil pessoas todos os anos. 

 

O câncer é uma doença que ainda vive cercada de dúvidas e estigmas. Por isso, é muito comum a circulação de notícias falsas, as chamadas fake news. 

O  Ministério da Saúde tem um canal aberto à população, pelo WhatsApp, para tirar dúvidas de notícias de origem duvidosa. Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número para envio de mensagens é o (61) 9-9289-4640. 

Elencamos, a seguir, as principais dúvidas sobre o tema que provavelmente você já deve ter ouvido ou lido por aí.

 

1. Pessoas com pele negra não têm câncer de pele

Mito! Muitos acreditam que os altos níveis de melatonina presentes na pele negra ajudam a prevenir o câncer de pele, o que é verdade. Mas isso não significa, entretanto, que não seja necessário utilizar protetor solar diariamente, pois a pele negra está suscetível a todos os tipos de câncer existentes. Esse tipo de pele tem uma tendência maior de desenvolver um melanoma específico, o lentiginoso acral. Esse câncer se manifesta nas palmas das mãos e plantas dos pés, de forma agressiva e com crescimento rápido.

 

2. Micro-ondas causa câncer

Mito! A energia emitida pelo micro-ondas é a radiação não ionizante, diferente das máquinas de raios-X, e por esse motivo, eles não são capazes de promover alterações nas células corporais e provocar o aparecimento de câncer.

Veja também: Raios X (radiografia)

 

3. “Anemia mal curada” pode virar leucemia

Mito! Diferente do que é popularmente disseminado, uma “anemia mal curada” não pode levar um indivíduo a ser acometido por leucemia. De acordo com a médica Fernanda Marinho, hematologista da Beneficência Portuguesa de São Paulo, o que acontece é que um paciente com leucemia pode desenvolver a anemia como consequência da doença. 

 

4. Uso prolongado do DIU pode causar câncer de colo de útero

Mito! Na verdade, ele pode evitar o surgimento deste tipo de tumor, um dos mais frequentes entre as mulheres. Mas lembre que o DIU não protege da infecção pelo HPV

 

5. Celular causa câncer

Não há evidências de que isso seja verdade. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento, não se estabeleceu nenhum efeito de saúde adverso associado ao uso de telefones móveis. 

Veja também: Uso excessivo de celulares pode ser prejudicial às crianças | Coluna

 

6. Um câncer pode ser formado a partir de emoções negativas e reprimidas ao longo da vida

Mito. Fatores psicológicos não causam tumores. Drauzio Varella já até escreveu sobre isso para a Folha de São Paulo, onde diz o seguinte: “Travestida de interpretação psicanalítica, essa filosofia de almanaque nada mais é do que a versão contemporânea da prática secular de atirar no doente a culpa pela doença.” 

 

7. Consumir carne vermelha diariamente causa câncer

Depende. Segundo o Ministério da Saúde, o consumo exagerado (acima de 500 gramas por semana) aumenta o risco de câncer no intestino (cólon e reto), uma vez que a carne tem grandes quantidades de ferro heme. Esse nutriente é essencial ao corpo, mas quando em excesso, pode ter efeito tóxico nas células. Além disso, as temperaturas muito elevadas utilizadas para preparar as carnes de forma frita ou grelhada, assim como a fumaça do churrasco, formam compostos químicos que são cancerígenos e aderem à superfície das carnes.

 

8. Se não operar, o mioma pode virar câncer

Mito. Esse tipo de tumor é benigno, originário da proliferação da camada muscular do órgão, chamada de miométrio. Apesar do nome assustador, eles crescem e morrem benignos. 

Veja também: Miomas só requerem intervenção quando há sintomas

Veja mais