Os alvéolos se localizam dentro dos pulmões, no fim dos bronquíolos, que por sua vez se originam das ramificações dos brônquios. Cada alvéolo recebe ramificações de um bronquíolo.

São pequenas bolsas que agrupadas lembram um cacho de uva e recebem o nome de sacos alveolares. Suas paredes são bastante vascularizadas e são eles os responsáveis pela estrutura de aspecto esponjoso dos pulmões.

Constituem a menor unidade funcional do aparelho respiratório.

É nos alvéolos pulmonares que ocorre a troca gasosa (hematose pulmonar) entre o meio ambiente e o organismo, graças a uma membrana muito fina, a membrana alvéolo-capilar, que separa o ar do sangue.

Quando aparecem em grupos, os alvéolos recebem o nome de sacos alveolares, cuja aparência lembra um cacho de uva.

São a última porção da árvore brônquica, formada também pelos brônquios, bronquíolos e ductos alveolares.