Deficientes visuais no mercado de trabalho | Irineu Cruz

Empresas ignoram que deficientes visuais possam ser independentes, autônomos e produtivos.

Luiz Fujita Jr é jornalista, editor do Portal Drauzio Varella e criador do podcast Entrementes, sobre saúde mental. @luizfujitajr

Compartilhar

Empresas ignoram que deficientes visuais possam ser independentes, autônomos e produtivos.

 

A perda de um dos sentidos não incapacita pessoas para o mercado de trabalho. Existe uma legislação que exige cotas, mas muitas empresas contratam deficientes somente para cumprir funções simples e “preencher tabela”.

 

Veja também: Entrevista completa com especialista sobre cegueira

 

Tópicos

Veja mais

Sair da versão mobile