Saúde sem Tabu #18 | Medicamentos e a perda da libido

Antidepressivos podem causar perda de libido, mas é possível reverter os efeitos. Ouça o que diz a psiquiatra Gabriela Galvão.

Mariana Varella é editora-chefe do Portal Drauzio Varella. Jornalista de saúde, é formada em Ciências Sociais e pós-graduanda na Faculdade de Saúde Pública da USP. Interessa-se por saúde pública e saúde da mulher. Prêmio Especialistas Saúde 2021 e Prêmio Einstein Colunista +Admirados da Imprensa de Saúde e Bem-Estar 2021 @marivarella

Compartilhar

Publicado em: 25 de fevereiro de 2022

Revisado em: 28 de fevereiro de 2022

Antidepressivos podem causar perda de libido, mas é possível reverter os efeitos. Ouça o que diz a psiquiatra Gabriela Galvão.

 

 

 

A falta de libido é uma reclamação frequente na vida das mulheres, geralmente associada à menopausa, às alterações hormonais e à rotina corrida. Mas existe ainda uma relação direta com alguns medicamentos, como os antidepressivos. Muitas pacientes que fazem esse tipo de tratamento relatam a perda do desejo sexual ou a demora em atingir o orgasmo durante a relação.

Neste episódio do Saúde Sem Tabu, Mari Varella recebe a psiquiatra Gabriela Galvão para entender porque isso acontece. A especialista explica como os medicamentos afetam o equilíbrio químico do cérebro, mas lembra que é possível reverter os seus efeitos colaterais. Ela destaca que dá, sim, para conciliar o tratamento com o bem-estar sexual da mulher.

Ouça também no YouTube:

Conteúdo desenvolvido em parceria com a marca TENA https://www.tena.com.br

Veja também: Falta de desejo sexual é queixa comum entre mulheres

Veja mais

Sair da versão mobile