Manchas escuras na pele podem ser acantose nigricans

A doença de pele é causada, na maioria dos casos, por resistência à insulina e outros problemas hormonais. 

close em pescoço de menino com acantose nigricans

Compartilhar

Publicado em: 22/01/2024

Revisado em: 23/01/2024

A acantose nigricans é uma doença de pele causada, na maioria dos casos, por resistência à insulina e outros problemas hormonais. 

 

Manchas escuras na pele são a principal característica da acantose nigricans, condição de pele que pode indicar a presença de doenças, principalmente hormonais. A acantose pode atingir pessoas de todas as idades. 

As manchas da acantose nigricans são grossas e aveludadas – o que às vezes faz a pessoa confundi-las com sujeira. As manchas aparecem principalmente nas regiões de dobras, como pescoço, axilas, virilhas, embaixo das mamas e, no caso de pessoas com obesidade, na barriga. 

“Em geral, os sintomas são apenas estéticos. [As manchas] Normalmente não irritam, não coçam, não ardem, a pessoa não sente nada. As manchas por si só não costumam causar prejuízo à saúde, exceto pela questão estética, que pode afetar a pessoa psicologicamente. Porém, elas podem sinalizar algum problema de saúde interno”, afirma Egon Daxbacher, dermatologista, membro e ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia do Rio de Janeiro (SBD-RJ).

 

Doenças associadas à acantose nigricans

Segundo Caroline Castro, endocrinologista na Rede de Hospitais São Camilo, em São Paulo, a acantose nigricans é causada principalmente pela resistência à insulina e pode estar associada ao sobrepeso e obesidade, diabetes tipo 2, síndrome metabólica e síndrome dos ovários policísticos

Mas há exceções. “Existem sim outras causas mais raras, como câncer, principalmente no estômago, acromegalia [distúrbio que causa a produção excessiva do hormônio do crescimento] e uso de algumas medicações, como corticóides, anticoncepcionais orais e hormônio do crescimento”, explica a médica. 

“Eventualmente na investigação, em alguns casos mais raros, você pode descobrir um câncer de esôfago ou um câncer de estômago, ou um câncer de alguma glândula endócrina, e a pessoa obviamente não sabia. E são os casos em que às vezes a pessoa é muito magra e perdeu peso sem explicação aparente”, completa o dermatologista. 

 

Tratamento deve focar na causa

O tratamento da acantose nigricans deve ser focado na causa do problema. Por isso, é preciso investigar qual doença ou alteração anormal está por trás da condição. 

“O tratamento da acantose é direcionado para a causa subjacente. Por exemplo, se o paciente tem obesidade, indica-se a perda de peso; se o paciente tem diabetes, utilizamos medicações para redução do açúcar no sangue e da resistência à insulina, além da mudança de estilo de vida. Com o tratamento da causa, a tendência é que essas manchas desapareçam gradativamente”, afirma a dra. Caroline. 

O dr. Egon explica que tratamentos dermatológicos com cremes ou técnicas que utilizam laser (menos usadas, por serem pouco acessíveis) visam somente amenizar o aspecto das manchas, mas é necessário tratar a causa de base. 

        Veja também: Quando as manchas na pele são perigosas?

Veja mais

Sair da versão mobile