DrauzioCast #173 | Micoses de pele

Descamações, manchas avermelhadas e inflamações são alguns dos sinais mais comuns das micoses de pele. Conheça as principais neste episódio.

Tinea, pitiríase versicolor, frieira, candidíase... Conheça as principais micoses que afetam a pele e aprenda a se proteger.

Compartilhar

Publicado em: 18/02/2022

Revisado em: 23/02/2022

Tinea, pitiríase versicolor, frieira, candidíase… Conheça as principais micoses que afetam a pele e aprenda a se proteger.

 

 

 

As micoses são classificadas em superficiais, isto é, aquelas que atingem a pele, os cabelos e as unhas; ou profundas, envolvendo outros órgãos já na camada subcutânea. Neste episódio do DrauzioCast, o dr. Drauzio conversa com o dermatologista Renato Pazzini sobre as micoses que pertencem à primeira classificação, como é o caso, por exemplo, da tinea, da pitiríase e das candidíases. Elas costumam aparecer em regiões quentes, úmidas e com dobras.

Justamente por essas características, são comuns nos pés, gerando descamações, bolinhas d’água e inflamações. Podem, ainda, causar manchas nas unhas e servir de porta de entrada para outras infecções. Nas crianças, as micoses aparecem mais no couro cabeludo, mas, de forma geral, podem acometer diferentes partes do corpo. O tratamento é demorado e exige comprometimento, já que os fungos causadores são bastante complexos. Ouça para saber mais sobre o combate às micoses.

Ouça também no YouTube:

Veja também: Micoses de unha e de pele | Sylvia Ypiranga

Veja mais

Sair da versão mobile