DrauzioCast #178 | Autismo em adultos

O diagnóstico do autismo em adultos, ainda que tardio, ajuda o paciente a se compreender melhor e lidar com o transtorno.

Drauzio Varella é médico cancerologista e escritor. Foi um dos pioneiros no tratamento da aids no Brasil. Entre seus livros de maior sucesso estão Estação Carandiru, Por um Fio e O Médico Doente.

Compartilhar

Publicado em: 8 de abril de 2022

Revisado em: 8 de abril de 2022

O diagnóstico do autismo em adultos, ainda que tardio, ajuda o paciente a se compreender melhor e lidar com o transtorno.

 

 

 

O transtorno do espectro autista (TEA) é uma alteração do neurodesenvolvimento que se apresenta ainda na infância. Mas, por se manifestar de formas e graus diferentes em cada indivíduo, o autismo nas crianças pode passar desapercebido, postergando o diagnóstico. Na fase adulta, fica ainda mais difícil reconhecer os sinais do transtorno, o qual pode provocar prejuízos nas relações.

O reconhecimento do autismo em adultos depende de avaliação psicológica multidisciplinar e é importante para ajudar o paciente no autoconhecimento e no acesso aos serviços de saúde e de apoio. O dr. Mayck Hartwig, neuropsicólogo especializado no atendimento a adultos autistas, explica como o transtorno se apresenta ao longo da vida e o que fazer para identificá-lo. 

Ouça também no YouTube:

Veja também: Diagnóstico de transtorno do espectro autista demora a ser feito no Brasil

Veja mais

Sair da versão mobile