Drauzio Varella

Gases (flatulência )

Close de uma colher com feijões cozidos, um dos alimentos que provocam flatulência.

A maior parte dos gases responsáveis pela flatulência é produzida no intestino por carboidratos que não são quebrados na passagem pelo estômago.

 

Gases intestinais podem causar grande desconforto porque provocam distensão abdominal. Além disso, em determinadas circunstâncias, podem trazer constrangimento social.

O ar engolido ou os gases formados no aparelho digestivo podem ser expelidos por via oral (arroto) ou via anal (gases intestinais ou flatos). A maior parte deles é produzida no intestino por carboidratos que não são quebrados na passagem pelo estômago. Como o intestino não produz as enzimas necessárias para digeri-los, eles são fermentados por bactérias que normalmente ali residem. Esse processo é responsável pela maior produção e liberação de gases.

 

Veja também: Especialista tira dúvidas do público sobre intolerância à lactose

 

Em alguns casos, por fatores genéticos ou porque adotaram uma dieta saudável com pouca gordura, mas rica em fibras e em carboidratos, algumas pessoas podem produzir mais gases. No entanto, a maioria das queixas parte de pessoas que produzem uma quantidade que os gastrenterologistas considerariam normal. Estudos demonstram que, em média, um adulto pode expelir gases vinte vezes por dia. De qualquer modo, há como prevenir a maior formação de gases.

 

Recomendações

 

Dieta é a palavra-chave para reduzir a produção de flatulência, uma vez que é impossível eliminá-la totalmente:

 

Advertência

 

Não se automedique. Consulte um médico se a flatulência intestinal estiver lhe causando algum constrangimento.

Sair da versão mobile