Drauzio Varella

O que fazer se tiver em casa uma pessoa com suspeita de coronavírus

menina doente deitada, com termômetro na boca. Veja o que fazer com pessoa com suspeita de coronavírus

Sick african american girl with flu lying in bed at home. Ill young black woman with cold checking temperature with thermometer and watching movie on tablet.

O quadro de uma pessoa com suspeita de coronavírus tem de ser avaliado quanto aos sintomas. Se não houver falta de ar, a recomendação é tratar em casa.

 

Se a pessoa tiver sintomas de gripe, mas sem falta de ar e sem muito mal-estar, deve somente permanecer em casa e controlar os sintomas com analgésicos, como paracetamol e dipirona.

Procure deixar o paciente com suspeita de coronavírus em um ambiente isolado, sem contato com os demais moradores, em especial se a pessoa estiver no grupos de risco, como idosos a partir de 60 anos.

Separe os talheres e copos para que a pessoa não contamine os demais. Lave as roupas de cama e de uso pessoal da pessoa doente separadamente das dos outros moradores.

Lave sempre a mão depois de mexer em objetos que a pessoa doente possa ter tocado. Limpe superfícies como mesa e maçanetas com álcool ou outros produtos de limpeza comuns. Veja aqui como fazer a limpeza e a desinfecção.

Se a pessoa não melhorar com repouso e analgésicos e ainda apresentar febre alta, muita dor de garganta e mal-estar, leve-a a um posto de saúde, que pode resolver a maioria dos casos e encaminhar casos mais graves para os hospitais.

 

Quem deve procurar os hospitais

 

Se a pessoa com quem você mora apresentar os sintomas de covid-19 e estiver com desconforto respiratório (falta de ar, fôlego curto), não perca tempo: leve-a imediatamente ao hospital mais próximo, principalmente se ela estiver no grupo de risco.

Ao mesmo tempo, lembre-se de só levar ao médico nesse caso. É importante não sobrecarregar os hospitais e deixá-los livres para atender pessoas que podem necessitar de fato de uma internação.

Sair da versão mobile