Rio Doce, rio morto

Após rompimento de barragem da empresa Samarco, a lama tóxica no Rio Doce afeta a vida de populações de várias cidades. Do ponto de vista da saúde, a proliferação de mosquitos é uma das maiores preocupações.

Luiz Fujita Jr é jornalista, editor do Portal Drauzio Varella e criador do podcast Entrementes, sobre saúde mental. @luizfujitajr

rio doce

Compartilhar

Após rompimento de barragem da empresa Samarco, a lama tóxica no Rio Doce afeta a vida de populações de várias cidades. Do ponto de vista da saúde, a proliferação de mosquitos é uma das maiores preocupações.

 

Reportagem especial mostra os impactos da lama tóxica no Rio Doce em Colatina, Espírito Santo, e a expectativa da cidade para viver uma explosão inesperada no número de casos de dengue e zika vírus. Leia aqui a matéria da cobertura.

 

Veja mais

Sair da versão mobile