A fumaça expelida pelo fumante ativo contém as mesmas substâncias que saem da ponta do cigarro e oferece muitos riscos ao fumante passivo.

 

O teor de substâncias nocivas inalado pelo fumante passivo é menor que o do fumante ativo, evidentemente, mas já o coloca em risco maior que o sofrido por pessoas que não convivem com tabagistas.

 

Veja também: Entenda o que é Thirdhandsmoke, o fumo passivo que afeta principalmente crianças