27 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista

Segundo a ABO (Associação Brasileira de Odontologia), mais de 27 milhões de brasileiros nunca foram ao dentista. O número, publicado nesta quinta-feira (25/10/2012) — data em que é comemorado o Dia da Saúde Bucal –, chama a atenção para a falta de campanhas e conscientização sobre a higiene da boca.

* O combate ao mau hálito
Gengivite e periodontite: doenças que acometem a boca

De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil tem 22.139 equipes odontológicas em atuação, além de concentrar o maior número de dentistas do mundo, mas ao mesmo tempo apresenta um índice alto de pessoas que não recebem assistência odontológica.

Com um simples exame, o dentista pode detectar o início de uma grande variedade de problemas, que vão desde simples cáries até o câncer de boca. Só em 2012, cerca de sete mil pessoas foram diagnosticadas com a doença e estima-se que em 2013 esse número dobre.

Os problemas bucais não se restringem somente à boca. Seus efeitos podem se estender e contribuir para o surgimento de doenças cardíacas e pulmonares, diabetes e hipertensão.

Os especialistas recomendam que se consulte o dentista a cada seis meses e se faça a higiene bucal de três a quatro vezes ao dia.

Saúde dos dentes das crianças

Dados do Ministério da Saúde mostram que mais de 53% das crianças com cinco anos de idade já tiveram cárie.

Antes do nascimento do primeiro dente, os adultos devem limpar a boca dos pequenos uma vez por dia com fralda ou gaze molhada com água filtrada. É necessário limpar a gengiva, onde se concentra grande parte do resto do leite, e a língua.

Depois do início da dentição, é preciso redobrar a atenção e realizar o mesmo processo.