Com um histórico de reações truculentas das Polícias Militares do Brasil em manifestações  de São Paulo, é fundamental saber quais cuidados tomar caso seja atingido pelas principais armas não letais usadas em controle de grandes multidões no país: gás lacrimogêneo, spray de pimenta e bala de borracha.

Participe da manifestação promovendo a não violência. Não provoque autoridades policiais e desmotive pessoas a ter atitudes agressivas. Caso a situação fuja de controle, abaixo você encontra recomendações de primeiros-socorros baseadas em orientações da Cruz Vermelha, do pneumologista dr. Carlos Jardim e do coordenador médico do Pronto Atendimento do Hospital Sírio-Libanês, dr. Fernando Ganem, que podem ser importantes para você se precaver e também prestar atendimento caso alguém precise de sua ajuda:

 

EM CASO DE INALAR GÁS LACRIMOGÊNEO

 

Tente sair para longe do gás em direção a um local que não esteja tomado pela névoa. Evite ficar sentado ou agachado, pois o gás se acumula mais próximo ao chão. Incline a cabeça para trás, levemente para o lado que será lavado e enxágue os olhos abundantemente com água ou soro fisiológico. Não esfregue os olhos nem a pele. O ideal é limpar o corpo com um tecido limpo e, se possível, trocar de roupa, pois os gases aderem às roupas, principalmente às de algodão.

O vinagre é uma substância ácida que pode ajudar a amenizar os efeitos do gás. O ideal é diluir meio litro do produto em meio litro de água para fazer a solução, mas os médicos alertam que mesmo assim as reações ainda vão aparecer.

Esse tipo de gás causa irritação química ocular, gerando prurido ou edema de córnea, e irritações no sistema respiratório, desencadeando uma sequência de reações alérgicas como: tosse, secreção, chiado no peito e, principalmente,  dificuldade para respirar.

 

EM CASO DE SER ATINGIDO POR SPRAY DE PIMENTA

 

Não coce os olhos e lave-os abundantemente com água ou soro fisiológico, evitando ficar próximo ao chão, como nas orientações acima. Os efeitos passam rapidamente, mas caso sinta muito incômodo, procure um pronto-socorro. O spray de pimenta possui um composto químico chamado capsaicina, que é extremamente irritante e tem efeito broncoconstritor, o que causa dificuldade para respirar. Não entre em pânico, o spray pode deixar uma pessoa sem conseguir enxergar e com dificuldades respiratórias por 30 minutos.

 

EM CASO DE QUEIMADURAS

 

Coloque imediatamente a parte atingida sob água corrente ou em uma vasilha com água fria, e depois a cubra com gaze. Não use algodão, pois ele pode grudar na região atingida. Em hipótese nenhuma use gelo, passe pomada ou qualquer outra substância no local.

 

EM CASO DE SER ATINGIDO POR BALA DE BORRACHA: CORTES

 

Se houver sangramento, tente estancar o sangue comprimindo a região ferida com uma gaze ou pano limpo. Lave o ferimento com água e sabão (qualquer um) para tirar a sujeira. Não utilize algodão e não passe nenhuma substância na região.

Se o corte for mais profundo e em algum membro, mantenha a vítima deitada com o membro atingido mais elevado que o resto do corpo para acelerar o estancamento.

 

EM CASO DE SER ATINGIDO POR BALA DE BORRACHA: TRAUMAS

 

Caso sofra algum tipo de pancada, principalmente na cabeça, aplique gelo na região atingida. Procure assistência médica imediatamente em caso de:

  • Dor de cabeça muito intensa;
  • Sonolência, confusão mental ou desmaio;
  • Desequilíbrio;
  • Visão dupla;
  • Vômito;
  • Pupilas de tamanhos diferentes;
  • Sangramento, principalmente se for pelo nariz ou ouvido.

 

EM CASO DE FRATURA

 

O ideal é procurar imediatamente um médico, mas durante a manifestação isso será quase impossível. Portanto, o primeiro passo é imobilizar o membro fraturado improvisando uma tala com papelão ou madeira.

 

SOCORRO EM EMERGÊNCIAS

 

Caso precise urgentemente de um médico, procure o pronto-socorro mais próximo ou chame o Samu pelo 192. Não hesite em pedir ajuda para pessoas próximas.

 

DICAS GERAIS

 

  • Leve gaze, água ou soro fisiológico, que são mais eficientes para remediar os efeitos das armas;
  • Não utilize lentes de contato. Os gases tendem a aderir a elas, irritando ainda mais os olhos;
  • Se possível, leve máscaras e óculos que protejam o nariz e os olhos;
  • Coloque, se possível, um lenço embebido em água em torno do nariz e da boca;
  • Se você tem asma, leve sua bombinha, pois tanto a bomba de gás lacrimogêneo quanto o spray de pimenta causam broncoespamos (contrações nas vias respiratórias) e dificuldade para respirar;
  • Os gases causam, também, sensações de ansiedade. Não entre em pânico, os efeitos são reversíveis e passam rapidamente, em no máximo 30 minutos. A maioria das pessoas tende a suportar bem os efeitos dessas substâncias;
  • Esses produtos também irritam a pele, causando sensação de queimadura. Cubra a maior parte possível do corpo para evitar a absorção dos componentes químicos. Tecidos impermeáveis, como os de capas de chuva, são os mais indicados;
  • Ande sempre acompanhado;
  • Use luvas descartáveis ou saco plástico limpo para prestar atendimento.