Drauzio Varella

Hemorroidas

Papel higiênico em primeiro plano e, desfocada ao fundo, pessoa sentada no vaso sanitário usando celular.

a young caucasian man using his smartphone in the toilet while sitting in the bowl, with a roll of paper placed in a toilet paper holder in the foreground

As hemorroidas podem ser externas ou internas. Quando externas, assemelham-se às varizes e são visíveis na borda do ânus e, quando internas, localizam-se acima do esfíncter anal e causam sintomas mais agudos.

 

Hemorroidas são veias ao redor do ânus ou do reto que se inflamam ou dilatam.

Durante o movimento intestinal, essas veias dilatam-se e retraem-se, geralmente voltando ao tamanho normal. No entanto, o esforço repetido para evacuar, seja por intestino preso (obstipação) ou fezes endurecidas, pode dificultar o processo de drenagem do sangue e provocar a formação de hemorroidas.

Veja também: Leia entrevista sobre hemorroidas

As hemorroidas podem ser externas ou internas. Quando externas, assemelham-se às varizes ou a pelotas de sangue e são visíveis na borda do ânus. Quando internas, localizam-se acima do esfíncter anal e causam sintomas mais agudos.

 

Causas de hemorroidas

 

 

Sintomas de hemorroidas

 

 

Tratamento de hemorroidas

 

O tratamento para as hemorroidas pode ser:

 

Recomendações para lidar com hemorroidas

 

 

Quando sintomas podem indicar uma investigação mais minuciosa

 

Hemorroidas não costumam constituir um problema muito sério de saúde. Entretanto, procure imediatamente assistência médica nos seguintes casos:

 

Perguntas frequentes sobre hemorroidas

 

Devo parar de comer alimentos apimentados?

A ingestão de condimentos não causa hemorroida. Porém, pessoas que estão com a doença não devem consumir esses alimentos porque eles irritam tecidos já inflamados, piorando os sintomas.

Hemorroida causa dor?

A dor não é um sintoma obrigatório. Sua ocorrência depende do tipo de hemorroida, sendo mais comum nas externas que nas internas e nas que apresentam saliências grandes. As hemorroidas costumam doer com mais frequência quando se encontram inflamadas ou quando há complicações como trombose.

Sair da versão mobile