Coronavírus

Quem deve ficar em isolamento por conta do novo coronavírus?

Principais dúvidas sobre coronavírus

O isolamento depende de ordem médica e deve ser feito por cerca de 14 dias. Casos suspeitos, confirmados e prováveis entram na recomendação. Saiba mais.

 

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, o isolamento tem como principal objetivo conter e separar pessoas que foram classificadas da seguinte forma para o novo coronavírus:

  • Caso suspeito: 1) Pessoas que voltaram de viagem internacional nos últimos 14 dias E apresentam febre E mais um sintoma gripal (como falta de ar ou tosse); e 2) pessoas que tiveram contato próximo com um caso suspeito ou confirmado para covid-19 E apresentam febre OU um sintoma respiratório (veja aqui a lista de sintomas);
  • Caso provável: Pessoas que nos últimos 14 dias tenham morado ou trabalhado com um caso suspeito ou confirmado E tenham febre OU pelo menos um sintoma respiratório (veja aqui a lista de sintomas) OU sintomas inespecíficos, como fadiga, dor de cabeça, diarreia, dores musculares ou nas articulações, náusea, vômito e falta de apetite.
  • Caso confirmado: Pessoas que foram testadas e tiveram diagnóstico positivo para SARS-CoV-2;

Veja também: Devo me testar para o coronavírus?

O isolamento deverá ser feito em casa ou em  hospitais públicos ou privados, conforme recomendação médica e gravidade do caso, por um prazo estimado de 14 dias (ou até o fim dos sintomas), podendo ser estendido de acordo com o resultado de exames laboratoriais.

Para os indivíduos que estiverem em isolamento domiciliar, a recomendação é sempre utilizar máscara, ficar em quarto separado e, se possível, também usar um banheiro separado. Se não for possível ficar em quarto separado, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda dormir em camas afastar com distância mínima de 1 metro.

Os outros moradores da residência devem seguir o mesmo protocolo de isolamento, usar máscara, não dividir itens pessoais e utilizar luvas para limpar superfícies. Nesse período, visitas são proibidas. Outra orientação importante é que idosos não devem ficar na mesma casa que um paciente que esteja infectado ou com suspeita. Peça ajuda a familiares e amigos para hospedá-los.

Além disso, no dia 13/03/2020 o Ministério da Saúde incluiu todos os viajantes internacionais na lista de pessoas que devem ficar isoladas. Ao retornarem, eles precisam permanecer em casa por no mínimo 7 dias. Se apresentarem febre com tosse e falta de ar, devem procurar a unidade de saúde mais próxima.

Sobre o autor: Juliana Conte

Juliana Conte é jornalista, repórter do Portal Drauzio Varella desde 2012. Interessa-se por questões relacionadas a manejo de dores, atividade física e alimentação saudável.