O medicamento nimesulida é um anti-inflamatório amplamente vendido no Brasil e conhecido por sua eficácia em casos de dores intensas e febre. Porém, um post do blog “Diário de Biologia” apontou-o como altamente tóxico para o fígado e afirmou que sua venda é proibida em diversos países.

 

Será que o blog acertou? A DROPS checou.

 

QUEM DISSE? Diário de Biologia1

 

QUANDO DISSE? Indefinido

 

 O QUE DISSE? 

“Você precisa saber disso: O anti-inflamatório nimesulida é tóxico ao fígado e está proibido em diversos países.”

 

CHECAGEM: VERDADEIRO

 

A nimesulida é um medicamento com ação anti-inflamatória, analgésica (para tratar a dor) e antipirética (que combate a febre).2 É indicado para tratamentos de dores agudas, osteoartrite dolorosa e cólicas menstruais muito intensas.3

 

A  venda da nimesulida foi  proibida em diversos países e em outros, como EUA e Austrália, seu registro sequer chegou a ser autorizado.4 Em 2002, Finlândia e Espanha suspenderam a venda desse medicamento devido à sua elevada toxicidade ao fígado, que pode ser grave e fatal, tendo levado alguns pacientes a necessitar de transplante.5

 

Veja outras checagens

 

Em 2004, a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês) realizou uma avaliação da segurança da nimesulida, na qual conclui que os benefícios do medicamento à saúde superam seus riscos.6 Apesar dessa conclusão, a EMA recomenda que o uso da nimesulida deve restringir-se ao tratamento de dores agudas e cólicas menstruais intensas (dismenorreia primária) e não o recomenda para casos de osteoartrite.6 A EMA ainda contraindica o uso para crianças menores de 12 anos, pacientes com disfunções hepáticas2 e/ou doenças crônicas. Seu uso também não deve ser prolongado, nunca ultrapassando 15 dias.7

 

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza a venda da nimesulida, porém alerta que o medicamento é contraindicado para uso em pacientes que tenham histórico de reações hepáticas ao produto ou em pacientes com insuficiência renal e/ou hepática, além de não indicá-lo a menores de 12 anos.8

 

Referências

 

(acesso em 26/08/2018)

  1. https://diariodebiologia.com/2018/07/nimesulida-anti-inflamatorio-toxico-figado/
  2. http://www.medicinanet.com.br/bula/3702/nimesulida.htm
  3. http://crf-rj.org.br/noticias/1295-nimesulida-altamente-toxico-e-proibido-em-alguns-paises.html
  4. http://apps.who.int/medicinedocs/en/d/Js4943e/3.html
  5. http://apps.who.int/medicinedocs/pdf/s4955e/s4955e.pdf
  6. http://www.ema.europa.eu/ema/index.jsp?curl=pages/medicines/human/referrals/Nimesulide/human_referral_000275.jsp&mid=WC0b01ac0580024e99
  7. http://www.ema.europa.eu/docs/en_GB/document_library/Referrals_document/Nimesulide_31/WC500107957.pdf
  8. http://www.anvisa.gov.br/datavisa/fila_bula/frmVisualizarBula.asp?pNuTransacao=15958772016&pIdAnexo=3351753
  9. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4917796/#bcp12938-bib-0001